anti-post.

Satisfação garantida ou seu dinheiro devolta!
Que dinheiro?
E pra quê? Se ela não me dá bola….

Dinheiro é só papel
A gente troca a vida por papel
Que eu uso para fazer o papel aparecer
Gasta tanto papel….

Eu gosto é do gasto!
Afinal eu nasci muito velho
Um processo de juvenização continuado pode ser minha esperança

A última que morre
A primeira que socorre.
Atropelados que morreram, que viveram

A vida é doce
Mas doce que o doce de batata-doce
Me sinto gordo

Poderia ter uma vida light
Adoçada com frutose
Ou morrer de overdose
Sem nunca ter provado nada

Poderia falar de mim
Quem sabe até de você
Mas já fui visceral demais
Vou guardar meu anacronismo num lugar que não machuque ninguém.

Boa noite.

Sobre bic azul

Uma caneta pode escrever qualquer coisa, boa ou ruim. Normalmente, ninguém liga muito se ela funciona. Mas, quando ela falha...
Esse post foi publicado em Poesias Abstratas e marcado , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para anti-post.

  1. Gurjas disse:

    Visceral é emoção,
    anacronismo é razão.

    Sejamos intolerantes com a vida.
    Afinal, ela não gosta muito da gente mesmo.

    Parabéns pelo blog, bic.
    abraço

  2. Thahy disse:

    é vero…
    boa noite😉

  3. _Maga disse:

    Bah… belo e verdadeiro texto…

    Boa noite!

  4. Shunya disse:

    “Afinal eu nasci muito velho”

    Acontece, mas é incomum.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s