naza.

Iniciada a contagem
Todos se dispersam, se abrigam
Ficam apreensivos, vigilantes
O coração pulsa rápido
mas o silêncio é absoluto
Temem que algo saia do planejado
E não sejam ágeis o suficiente
Para alcançar alguma salvação
Qualquer distração é imperdoável
Pares de pés se apressam sobre o concreto e o asfalto:
_ 1, 2, 3! Nazaré, pêga!
_ Droga!

Sobre bic azul

Uma caneta pode escrever qualquer coisa, boa ou ruim. Normalmente, ninguém liga muito se ela funciona. Mas, quando ela falha...
Esse post foi publicado em Contos Absurdos e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para naza.

  1. Thahy disse:

    Ahhh entendi…
    por alguns segundos nao tinha captado o pega pega…. fabuloso bic! Adoro qdo vc escreve essas cronicas, assim!

  2. _Maga disse:

    Poxa… eu acho que eu não entendi direito… sinto que faltou algo pra entender…

    mas deixe quieto…

    beijos

  3. Fê_Notável disse:

    Adorei a descrição do pega-pega!!!
    Beijos!E boa semana!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s