Arquivo do mês: fevereiro 2007

destino.


destino. I O dia é ontem, hoje e amanhã também São todas as horas acontecendo agora Há sempre um caminho a seguir Uma página é escrita Tudo são meras possibilidades Os traços são firmes e imutáveis. Um jovem vê sua … Continuar lendo

Publicado em Contos Absurdos, Poesias Abstratas | Marcado com , , , , , , , | 4 Comentários

ela.


O mundo se move sob os pés dela É um campo minado, é uma passarela Conquista o espaço, troca tiros na favela E quando quer Vira do avesso o mundo de um qualquer Põe uma xícara disso, daquilo, uma colher … Continuar lendo

Publicado em Poesias Abstratas | Marcado com , | 3 Comentários