video game (interlúdio).

Anos atrás.

_ Amor, você não vem para a cama?

_ Ainda não. Estou quase no final deste jogo.

_ Ai, ai… você me diverte.

_ Não há nada de mal em gostar de video game.

_ Se eu achasse isso, não teria me casado com você.

_ …

_ Ainda é aquele jogo?

_ Sim.

_ Mas eu já vi você nesta tela.

_ É, mas estou lutando com outro carinha agora. Olha que legal esse poder dele.

_ Qual?

_ Peraí… É! Olha só!

_ … legal.

_ É.

_ Vê se não demora. Quero ver você usando o maior de todos os seus poderes hoje.

_ Qual?

_ O de me deixar louca por você.

Ela saiu da sala e após alguns minutos, ele a seguiu.

Na TV, um guerreiro caminhava sozinho ao pôr-do-sol, após vencer o último estágio.

(conclui a seguir)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s