44.

Marina e Andreza caminham em direções opostas. Cada uma vem de um lado do palco e se encontram ao centro.

Andreza:

Marina!

Marina:

Oiiii!!?

Andreza:

Quanto tempo, querida!

Marina:

… ai, deve fazer tempo mesmo, porque eu não lembro de onde eu conheço você!

Andreza:

Cachorra! Não acredito!

Marina:

Ah, me desculpa…

Andreza:

Tudo bem, vai… admito que mudei um pouco desde a faculdade.

Marina:

Andréia?

Andreza:

Errou por uma irmã!

Marina: (se espanta e depois cumprimenta)

Andreza! É você! Nossa, vocês duas sempre foram parecidas, mas..

Andreza:

Pois é, né? Quanto tempo!

Marina:

É mesmo! Mas você mudou o cabelo, emagreceu…

Andreza (se sentindo):

Nada como uma lipo, né, lindinha?

Marina:

Jura? Ai, que inveja!

Andreza (dando saltinhos parados, para balançar os seios):

Não notou mais nada não?

Marina olha sem entender:

O que?

Andreza (balança mais rápido):

Não notou nãããããão?

Marina:

Não acredito!

Andreza:

Que tal?

Marina:

Menina! Quantos ML?

Andreza:

NÃO SEI! Eu cheguei pro doutor e falei: “eu uso número 40, mas quero usar 44!”

Marina (tenta pegar):

Nossa, posso tocar?!

Andreza (não deixa, disfarçando):

Aqui na rua não.. todo mundo vai ver…

Marina:

Sempre quis saber como é!

Andreza:

Esquece isso… agora me fala… Você não mudou nadinha, heim?

Marina:

Você acha?

Andreza:

Tá até mais bonita! Mais jovem!

Marina:

A vida de casada tá me fazendo bem!

Andreza:

Você casou!!??

Marina (mostra a aliança):

Toda panela tem sua tampa!

Andreza:

Ai, que lindo!

Marina:

Até frigideira, né? hahaha!

Andreza:

É verdade! Quem diria!

Marina:

E você amiga.. toda gostosona…

Andreza:

Mas…

Marina:

Nada?!

Andreza:

Nada!

Marina:

Esse Edu só te enrola, heim!

Andreza:

Nem me fala…

Marina:

Esse deve ser o noivado mais longo do mundo!

Andreza:

Abafa o caso, vai?

Marina:

É melhor!

Andreza:

Mas me conta quem é esse seu amor!

Marina:

Ah, é um sonho, viu? Sabe aquela pessoa que te completa? Que faz você se sentir completa? Única?

Andreza:

Uau…. e eu conheço essa pessoa?

Marina:

Acho que sim. Você foi naquele churrasco lá no sítio do Pedrinho?

Andreza:

Claro que tava!

Marina:

Pois é, agora eu bato cartão por lá!

Andreza:

O Pedrinho? Mas ele é um gato! Parabéns, amiga!

Marina:

Errou por uma irmã!

Andreza (pára sem entender):

…..ele…?

Marina:

Ela!!!

Andreza:

Ela??

Marina:

A Claudinha!

Andreza (sorrindo sem-graça):

Ah.. a Claudinha…

Marina:

Mas olha, a gente tem muito o que conversar, mas eu tô superatrasada….

Andreza (toda perdida):

É…. eu também tenho que ir agooora mesmo, mesmo…

Marina (pegando a mão da amiga e marcando o telefone, no maior clima):

Aparece lá em casa… a gente bebe alguma coisa… conversa…

Andreza:

C-claro…

Marina (se despede com beijinhos e sai de cena):

Três pra casar… tchau!

Andreza (se despede e fica assustada olhando a amiga sair):

Tchau!

Andreza (sozinha no palco, junta as mãos e olha pra cima):

MEU DEUS! Essa mulher queria pegar no meu peito!

Fecham-se as cortinas.

Anúncios

6 comentários em “44.

  1. Cena 1 que mais me ajudou em minha vida. Adorei o humor da cena e principalmente o fato de acontecer uma coisa tão inesperada como acontece no final.

    Continue escrevendo cenas e fará uma bela peça teatral!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s