Arquivo do mês: abril 2009

detalhes.


O cimento que cobriu aquele pouquinho de terra que deixava a árvore da calçada beber quando chovia. O arco-íris que surgiu por uns segundos, quando a tropa de choque usou a mangueira dos bombeiros para conter os manifestantes. O frio … Continuar lendo

Publicado em Poesias Abstratas | Marcado com , , , , , , | 6 Comentários