do absurdo.


Então nasceu um dia como nenhum outro. O sol brilhou azul num céu vermelho vivo, com poucas nuvens alaranjadas. As florestas estavam todas prateadas, onde papagaios cinzas se camuflavam. Nas savanas rosadas, zebras multicoloridas corriam como antes, pois os leões, cujas jubas agora mais lembravam labaredas, jamais distinguiram as cores. A mudança na cor do […]