tecnodepente.

Nota do autor: Já que todo mundo sempre acha que minhas poesias são músicas, resolvi fazer uma. Se conseguir fazer alguém gravar, aviso aqui.

será que todo mundo percebeu
um fenômeno que acontece
sinto que a cada dia

(refrão)
é que a tecnologia me emburrece!
não vou mais nem ao banheiro
sem usar o GPS

no dia em que eu precisei
lá pra casa, telefonar
confesso que eu travei
sem a agenda do meu celular

(refrão)

não é só uma facilidade
é uma muleta mental
sem esses chips eu não tenho
nem ensino fundamental

(refrão)

vou contar uma coisa
não espalhe isso, prometa
mas acho tão dificil clicar
enquanto bato uma punheta

(refrão)

eu sou só mais um
mais um tecnodependente
se o meu HD pifar
é a morte de um ente

(refrão)

não posso falar agora
tô ocupado, me desculpe
nem na hora do jantar
largo do meu notebook

(refrão e refrão modificado)

é que a tecnologia me emburrece!
dá até um pânico em mim
e se proctologista achar
que meu cu é touch screen?

Sobre bic azul

Uma caneta pode escrever qualquer coisa, boa ou ruim. Normalmente, ninguém liga muito se ela funciona. Mas, quando ela falha...
Esse post foi publicado em Bobagens Absurdas, Músicas, Poesias Abstratas e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para tecnodepente.

  1. Lia Drumond disse:

    eu gostei e dava um bom rock… faço uma melodia se vc cantar e dançar, que tal? rsrsrs… o anterior tb está muito fofo… olhos verdes, uiui… minha avó dizia que gente falsa tem olhos claros, mas acho que era invejinha pq os dela eram castanhos… bjs, ghostwriter…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s