janela.

Hoje eu vi a Terra girar no espaço
Não numa maquete nem no planetário
Era ela mesma. Linda. Azul, branca, vermelha, verde.
Linda.

Hoje eu vi o Sol ficar pequeno pela distância
Mas sua luz irradiava todo um hemisfério
Um planeta inteiro atingido por um raio de luz
Como as plantas da sua janela

Janela.

Hoje eu vi a Terra girar no espaço
Por uma janela pequena e estreita
do vídeo
E me senti ainda menor do que ela

O astronauta sempre vê a Terra girar no espaço
Por uma janela um pouco maior
da nave
Não sei como ele se sente

Hoje eu vi a Terra girar no espaço
Não há fronteiras aqui de cima
Não há nós nem vocês lá do alto

Hoje vi um pedaço do universo
E descobri que a Terra é só uma janela.

(Quer ver também? Clique aqui e aqui.)

Anúncios

Sobre bic azul

Uma caneta pode escrever qualquer coisa, boa ou ruim. Normalmente, ninguém liga muito se ela funciona. Mas, quando ela falha...
Esse post foi publicado em Crônicas do Cotidiano, Poesias Abstratas e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s