sua síntese.

Eu escrevi uma canção de amor
Eu escrevi um conto de amor
Eu escrevi uma declaração de amor em forma de conto
E já escrevi tantos poemas de amor que nem me lembro mais quantos são

Não sei dizer
Quantas letras já juntei
Combinei, adestrei, violei
Ou fiz brigarem entre si

E tudo que fiz
Foi tentando dizer
Isso que não se explica

Aí vem você
E me diz tudo com um único abraço

Sobre bic azul

Uma caneta pode escrever qualquer coisa, boa ou ruim. Normalmente, ninguém liga muito se ela funciona. Mas, quando ela falha...
Esse post foi publicado em Poesias Abstratas e marcado , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para sua síntese.

  1. Aquela velha máxima que diz que amor é para ser sentido, cabe aqui.
    Palavras tentam, mas nem sempre conseguem expressar tudo!

    Belíssimo poema.

    Um beijo e feliz 2014,

    http://algumasobservacoes.blogspot.com.br/
    http://escritoshumanos.blogspot.com.br/
    http://nossocdl.blogspot.com/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s