de passagem.


Essa noite, sonhei acordado. Eu podia viajar no tempo. E eu, tolo, fui ao passado. Imaginei que podia estar lá, do mesmo jeito que me lembro do que aconteceu. Como cada palavra daquele diálogo ainda estava na minha cabeça. E como eu pude errar tanto sem saber que errava. Como eu quis voltar e dizer […]

já percebeu?


A gente anda tão distraído Que não lembra mais Onde estacionou Onde tudo começou Como se machucou E nem sabe como fez esse roxo aí braço E que aquela despedida não teve nenhum abraço Tão distraído que não vi você aí Na festa No face Na faixa de pedestres Onde eu coloquei aquele papel? Onde eu […]

ou.


Esse ou aquele Assim ou assado Esquerda ou direita De longe ou ao lado? Decida-se De si sempre seja Morde ou assopra Cospe ou engole Ser ou não ser Duro ou mole? Escolha E colha o que plantou Entre lá e acolá Sempre há o aqui Mas é bobagem ficar Se você quer seguir Ama, desapega. Enfrenta, […]

o escritor e o pernilongo.


Vida de escritor não é fácil. Você pode fazer qualquer coisa, desde que escreva. E se você precisa escrever, não dá pra ficar fazendo qualquer coisa. O fato é que, quando um escritor apanha uma ideia, ele sabe que precisa aproveitar essa chance, se puder, interromper tudo e escrever já. Nem que tenha que desligar […]

de existir.


Desistirtá erradoAté na grafia Veja aío contrário do sonhadode tentar mais um dia deveria ser desexistir

resumindo.


_ A história é essa: ela lembraria dele para sempre. Bastava que ele não lhe negasse seus adorados cookies. _ Ele era cozinheiro? _ Não. _ Ela era pobre? _ Não e não. Ela era uma página de internet e ele era usuário de webmail. _ Putz! _ Que foi? Não gostou? Achei que daria […]

sua síntese.


Eu escrevi uma canção de amor Eu escrevi um conto de amor Eu escrevi uma declaração de amor em forma de conto E já escrevi tantos poemas de amor que nem me lembro mais quantos são Não sei dizer Quantas letras já juntei Combinei, adestrei, violei Ou fiz brigarem entre si E tudo que fiz […]