só.


O raio de sol que atravessou a janela lhe tocou a face, fazendo suas pálpebras se contraírem. Era tarde de sábado, no outono. A temperatura quente e agradável desmentiu a previsão do tempo. Ela fechou os olhos e não viu a escuridão, mas um vermelho vivo e belo. Em outros tempos, estaria em seu carro, […]

na mira.


Pintei um alvo na minha testa Pra atrair bala perdida Pra não me perder por entre as balas Pintei um alvo na minha testa Pra ser vítima inocente E não covarde suicida Pintei um alvo no meu peito Pra andar sem camisa Pintei um alvo nas minhas costas Pra ser traído e enganado Pintei um […]

hora de partir.


O celular chamado Está desligado Ou fora da área de cobertura O trânsito parado O dia nublado Um ponto de ruptura O que passou, se foi A vida vai seguir E já não dói mais É hora de partir. O que passou, já foi E a vida, nem aí E se nem dói mais É […]

ludwing.


Silêncio absoluto. Ele estava encapuzado de luto no centro de uma encruzilhada. De certo, esperava alguém. Não era a velha espera, nem mesmo ele era também. Tinha um gosto enorme por música clássica, apesar do sonho antigo de comprar uma guitarra – que não sabia tocar mas queria colar um adesivo dizendo algo como “Esta […]

álibi.


O álibi perfeito O crime do tempo Mais que imperfeito A hora H Um segundo qualquer O ponteiro de todas as letras A vida mansa Os cães raivosos A morte dança Te olhando nos olhos Uma voz Um eco Cada um de nós Cada um de nós Perdeu algum coisa No fundo do copo Procurou […]